Mulheres > Mensagem do Conselheiro > Tem alguém do seu lado? Tem alguém do outro lado?


Tem alguém do seu lado? Tem alguém do outro lado?
37 download(s) Faça Download

Tem alguém do seu lado? Tem alguém do outro lado?


Os mais diversos tipos de relacionamento são sempre um desafio, sejam eles on-line ou não. Eles sempre exigem um primeiro passo de alguém em direção a outro alguém. Eles exigem sair de si mesmo e olhar para o outro não apenas esperando algo dele para você, o que ele tem a oferecer, mas no sentido de perceber nele outra pessoa que também pode precisar de você. Esse não é um exercício qualquer, é um exercício de amor. Percebemos isso na atitude do próprio Deus que veio ao nosso encontro em Cristo.

É claro, muitos têm medo dessa experiência, nem sempre sabemos como é o outro, como vamos ser recebidos; é um terreno novo, e tudo o que é novo pode dar medo. Contudo, se reconhecemos que relacionamentos são importantes e necessários, que a nossa autoestima, realização e sentido de propósito estão em íntima conexão com essa interação, então é preciso transpor barreiras.

Quando falamos da vida cristã e da atuação da igreja no mundo, essa necessidade se mostra mais urgente, pois contamos com a prerrogativa do amor ao próximo; lembramos que amamos porque Deus nos amou primeiro (1Jo 4.19) e, portanto, somos constrangidos a amar, não no sentido romântico e sentimental da palavra, mas no sentido de quem atua pela fé, e pela fé se dispõe a fazer o que é necessário pelo seu próximo. É estranho, porque uma parte de nós, chamada de "velho homem", não quer se importar, ele pensa "venham a mim", mas não quer ir. Então a fé nos muda, e um sentimento “estranho” de se importar, de ficar "incomodado" com o outro surge em nós. Não estranhe esse sentimento, essa consciência que projeta você para fora de você mesmo, lembre-se de que a fé é ativa no amor (Gl 5.6), e nos conduz em direção a Deus e ao próximo. Por isso é necessário perguntar: "Tem alguém do meu lado?" – E no contexto atual perguntar: Tem alguém do outro lado?

Por mais que sejamos críticos em relação a essa forma de comunicação e a essa forma virtual de interação, não dá para negar: “Tem alguém do outro lado!” – Uma pessoa, um ser humano, um amigo, uma amiga, um parente, um irmão ou irmã na fé. E essa pessoa pode precisar de mim, pode precisar de uma palavra, de um gesto, de um conforto que pode ser dado numa ligação, num recado pelas mídias existentes, às vezes pode ser até um curtir ou compartilhar, uma reunião virtual, um meet (reunião, encontro) como se diz, onde podemos nos ver e conversar, porque não? Isso tem aproximado milhões de pessoas que não podem se ver presencialmente, seja por causa da pandemia ou por estarem geograficamente distantes.

Um abraço virtual tem o seu valor, porque saber que pessoas se importam com você faz uma grande diferença. Imaginem alguém que passou pelo luto, que não pode se despedir, e que não recebeu os muitos abraços presenciais, certamente vai fazer uma grande diferença saber que muitos se importaram com ela.

"Tem alguém do seu lado!" – "Tem alguém do outro lado!" – Do seu lado ou do outro lado da tela há pessoas que precisam de nós. As oportunidades vão se apresentando, e Deus vai preparando as boas obras para que andemos nelas, principalmente as de AMAR.

Pastor Rubens José Ogg
Conselheiro Nacional da LSLB 2020-2022

Texto publicado na Revista Servas do Senhor, edição 239 (outubro/novembro/dezembro 2020)

Veja Também